CUIDADO COM AS CORES DE SEU AMBIENTE

 

post-2B2

A percepção visual é a mais intelectual das 5 percepções, e contribui com 80% para a produção do conhecimento, isso é o que dizem os neurocientistas. O fóton bate na superfície das coisas e reflete para a retina, e daí ele se dirige em direção ao cérebro, na forma de sinal aferente, é assim que funciona o processo da percepção visual. Cada fóton refletido transporta a sua respectiva quantidade de energia, que em Física Quântica nós físicos chamamos de Quantum de Energia.  

Portanto, a cor nada mais é do que a imagem mental de um Quantum de Energia e ela existe somente no interior da mente humana. Independentemente da nossa vontade o quantum de energia em forma de fóton refletido penetra no nosso cérebro, queiramos ou não, e para isso basta olharmos em direção ás coisas. Você pode não gostar de certa cor, mas isso nada impede que o quantum da energia cromática dessa cor penetre em seu cérebro, aí produzindo sinapses e sua respectiva imagem mental, com os seus consequentes efeitos psíquicos.

Lá está você em seu quarto de dormir ou em sua sala de trabalho, rodeado por paredes, móveis, cortinas, tapetes e objetos, cada um deles com a sua respectiva cor. Se você tivesse olhos de espectro, então você veria por toda parte um espaço cheio de fótons refletidos ou Quantum de Energia lhe envolvendo a partir de todas as direções. Isso mesmo, os ambientes cromáticos são espaços cheios de energia quântica, e se você tem algum conhecimento sobre como em Física Quântica os fótons interagem com e mente humana, então você levaria mais a sério as cores que compõem os ambientes onde você vive e trabalha.

O que você leu até aqui, é apenas um pequeno resumo daquilo que em nossa pesquisa de mais de 20 anos sobre o efeito psíquico das cores nós chamamos de O Princípio Físico das Cores, pesquisas das quais participaram também cientistas da Rússia e da Alemanha. Os fótons, pois, foram escolhidos pela natureza para transportarem para a mente das pessoas, as imagens das coisas com todas as suas informações adstritas. Isso vale também para as sensações de som, odor, sabor e tato, pois a partir das células receptoras de estímulos, tudo se transforma em energia eletromagnética enviada para o cérebro.  

 O quantum de energia, pois, é o menino de recados da natureza, e isso nos remete a outro importante principio da Psicodinâmica das Cores, que é o Princípio Ontológico, segundo o qual tudo aquilo que nós julgamos existir nas coisas – forma, cheiro, energia, força, densidade, movimento, etc. – existe também no fóton refletido ou nas cores. Isso significa que tanto faz você olhar diretamente para o fogo ou para a cor vermelha do seu sofá, as sensações de movimento e dinamismo experimentadas serão as mesmas! Tanto faz você olhar diretamente para o vegetal ressequido ou para a cor palha da parede de seu escritório, as sensações de aniquilamento existencial e secura essencial serão as mesmas! A única diferença é que tratando-se de cores, o processo é inconsciente, apenas isso.  

O modo de ser das coisas é transferido para a mente humana através do fóton refletido. O contato visual com a cor presente nas coisas produz o mesmo efeito do contato direto com a coisa. Quando você reveste de cor cinza as paredes da sua sala de visitas, você traz para o interior da sua casa esses dias nublados, tristes, melancólicos e deprimentes, com toda a ganga das energias destrutivas para o seu psiquismo. Se você soubesse com que poder a cor cinza atua sobre a sua mente, produzindo desânimo, indiferença e inércia espiritual em forma de depressão psíquica, certamente você imediatamente mudaria a cor das paredes da sua sala de visitas, ou faria o seu necessário balanceamento cromático.   

Através do Princípio Físico das Cores, a energia dos fótons transporta para o psiquismo das pessoas tudo aquilo no qual a cor está presente: as cores têm um fundamento informacional, além de energético, e a cada informação corresponde uma determinada frequência. O Princípio Físico transporta o conteúdo do Princípio Ontológico, e  esses dois princípios juntamente com os outros três –  os princípios Quântico, Filogenético e Semiótico- fornecem a base epistemológica para uma Psicodinâmica das Cores verdadeiramente científica, coisa que até aqui ainda não existia, pergunte isso para quem trabalha com cores.  

Mesmo que você tenha uma experiência ruim vivida num ambiente Azul, por exemplo, e por casa disso essa cor lhe produza lembranças ruins, isso não impede que ela transfira para o seu psiquismo todo o seu conteúdo ontológico. Isso vale também para as suas preferências cromáticas; elas não impedem que a cor produza os seus efeitos psíquicos.     

Se você realmente conhecesse esses 5 princípios da Psicodinâmica das Cores, então você compreenderia por que um ambiente em Branco Gelo é capaz de produzir baixa estima e paralisia espiritual, e por que a cor Bege produz preguiça mental. Também compreenderia por que o Verde Musgo nos ambientes é capaz de ajustar o apetite em níveis adequados, assim favorecendo os regimes alimentares para o emagrecimento. Também compreenderia por que um ambiente em cor Marrom é capaz de interditar a comunicação verbal entre as pessoas, e também por que a cor Laranja é capaz de produzir desejos de adquirir coisas. Certamente você não se surpreenderia ao saber que o Índigo produz intolerância intelectual e Verde Limão é capaz de excitar o imaginário fantástico no espírito de escritores e artistas.  

Você é capaz de explicar por que a vestimenta dos juízes é preta? Por que na Semana Santa a igreja católica cobre a imagem do Cristo com pano Violeta? Por que os adolescentes tendem a usar roupas pretas? Por que as crianças inteligentes são chamadas de crianças Índigo? Por que os automóveis em cor Cinza Metálico são os mais vendidos? Por que o Azul Celeste é uma cor relacionada às crianças? Por que o Rosa é uma cor feminina? Por que o ambiente Verde Oliva estimula o desejo de masturbação? Por que a cor Púrpura torna a pessoa autocrítica? Por que os ambientes azuis não são indicados para as crianças tímidas e introvertidas? Você não sabe??  Não??  Então isso deveria lhe deixar preocupado! 

Pois saiba que tudo isso é rigorosamente fundamentado em princípios de Física, Biologia e Neurociência. Saiba também que, quando você compra tintas para os ambientes da sua casa ou do seu escritório, você está comprando energias, que poderão ser benéficas ou fazer mal ao seu psiquismo. O arquiteto ou decorador famoso que você contratou simplesmente vai embora, depois de escolher  as cores para o seu ambiente. Mas é você quem vai ter que conviver com os males psíquicos produzidos por essas cores, enquanto o seu arquiteto sai limpinho da história!    Cuidado com essas cores neutras da moda, que os arquitetos e decoradores indicam para os ambientes humanos, pois isso pode custar caro para o seu psiquismo.      

Tenha cuidado com as cores do seu ambiente, pois elas podem ser uma benção ou uma maldição para o seu psiquismo! 

Osny Ramos